Buscar
  • Rede sem Fronteiras

Assembleia Geral 2022.1

No dia 25 de Julho a Rede Sem Fronteiras organizou a primeira Assembleia Geral deste ano de 2022 contando com a presença de seus membros, convidados e voluntários. Neste encontro procuramos relembrar os momentos mais importantes vividos pela organização neste primeiro semestre, contando com o relato de nossos representantes e membros dentro dos eventos os quais participaram ao longo deste semestre.


Toda reunião foi facilitada pela secretaria técnica da RSF que explicou de que maneira seria conduzida, a divisão por blocos de temas e palestrante e também facilitou a comunicação entre idiomas, uma vez que a conferência foi realizada em Português e Espanhol.


Abrimos a sessão com Paulo Iles, coordenador executivo da RSF e Aida Mocha, presidenta do Conselho Internacional da RSF, fazendo um discurso de boas vindas, relembrando a trajetória da RSF que faz ,em 2022, 15 anos de existência. Neste breve discurso, recordamos que a Rede nasceu sob um propósito de facilitação da integração regional dentro de um contexto político favorável ao tema. Hoje, 15 anos completados, o continente latino-americano passou nos últimos anos por muitos governos que colocaram à prova esta integração, e é nesse cenário que RSF representa resistência e resiliência. Hoje, com uma nova primavera se iniciando no continente, temos também a oportunidade de engrandecer ainda mais a cooperação entre nossos vizinhos e demonstrarmos nossa força enquanto rede.


Após este primeiro discurso, apresentamos nosso relatório semestral, mostrando de forma cronológica todos os espaços os quais a RSF esteve presente como os Fóruns Sociais, as conferências e Campanhas realizadas pela CLADE, todos os projetos, conferências e festivais em conjunto com a SOLIDAR, nosso projeto Ampliando Rede Solidárias, o II Encontro Aliança Migração, promovido pela O.C.U que faz parte da iniciativa Aliança Migração, a posição da RSF em relação ao Pacto Global para Migração segura, ordenada e regular (PMM) e posterior participação no Fórum Internacional de Revisão de Migração (FEMI). Também mencionamos a participação na Conferência Regional sobre Población y Desarrollo de América Latina y el Caribe dentro do nosso trabalho em conjunto com a Iniciativa Social para América Latina e Caribe (ISALC) e também outros espaços os quais estivemos presentes como na conferência Diálogos das Sociedades Civis da União Europeia e Brasil.


Na sequência, nossos representantes falaram sobre suas experiências dentro de participações de Fóruns e Conferências e também sobre seus pensamentos e opiniões sobre o momento político presente no contexto latino-americano. Todos os membros mencionaram a importância de repensarmos nesses 15 anos em uma retomada no processo de integração regional, a importância de que RSF seja membro de Fóruns sociais tanto na América Latina quanto na Europa e na África, superando uma Rede Sem Fronteiras por um Espaço sem Fronteiras. Dentro desta reunião, estabeleceu-se um espaço para debates, críticas e intercâmbio de ideias, mas também uma rede muito forte de afeto, onde todos e todas estavam confortáveis e vendo o resultado do duro trabalho feito no semestre. A ST, ao fim, pediu ideias para comemorarmos os 15 anos de RSF, sobretudo pensando em formas de divulgar a RSF e incentivar as discussões sobre políticas migratórias

6 visualizações0 comentário