Buscar
  • contatoekloos

RSF participa do Festival Sabir 2022

Atualizado: 26 de mai.


Entre os dias 12 e 14 de maio de 2022 aconteceu, em Matera, Itália, o Sabir Festival, evento de difusão e espaço de reflexão sobre as culturas mediterrânicas nos lugares simbólicos da Europa. Em sua oitava edição, o Festival teve, esse ano, especial atenção às recentes crises na Ucrânia e no Afeganistão e à forma como a União Europeia (UE) e a comunidade internacional vem reagindo à fuga de pessoas em diferentes situações de conflito e crise.


“O Sabir é um espaço da sociedade civil que não é equidistante, mas alinhado ao lado das vítimas e contra todos os opressores e queremos reiterar também na abordagem das questões que a guerra na Ucrânia e as demais crises do nosso planeta colocam, a centralidade das pessoas e dos seus direitos, independentemente da nacionalidade.”


O Festival é promovido pela ARCI juntamente com Caritas Italiana, ACLI e CGIL, com a colaboração de ASGI e Carta di Roma.


A Rede Sem Fronteiras a convite da SOLIDAR esteve presente, através da representação de Elisangela Rocha e Helena Schimitz, participando das discussões e atividades internacionais do Festival que versaram sobre o novo Pacto Europeu de Asilo e Migração, às lutas das mulheres em contextos de crise, a externalização das fronteiras, direitos das pessoas migrantes, entre tantos outros temas.

A RSF participou ainda de duas sessões privadas juntamente com ativistas e organizações de direitos humanos de Magreb e Líbia e parlamentares europeus, discutindo os contextos dessas regiões e pensando em alternativas e estratégias que conjuguem migrantes, sociedade civil e parlamentares.


Como integrante da Task Force Migration da Solidar, a RSF esteve presente também na primeira reunião presencial do grupo, que ocorreu durante o Festival Sabir. Juntamente com organizações da Bélgica, Alemanha, Sérvia, Polônia e Espanha, reflexões foram compartilhadas sobre os temas abordados durante o Festival e, em especial, sobre o contexto em que cada organização está vivendo em seu país. As próximas atividades que serão realizadas pelas organizações também foram compartilhadas entre o grupo.


Como atividades principais, as representantes da RSF realizaram um informe a respeito do Fórum Social Europeu das Migrações Lisboa (FSEM), ocorrido de maneira virtual em 2021, além da atividade Entreforos, que ocorreu recentemente durante o Fórum Social Mundial México 2022. A importância da realização do Fórum Social Africano de Migrações, prevista para o ano de 2022, bem como o segundo encontro da Aliança Migrações, que acontecerá em Estrasburgo, França, em novembro de 2022 também tiveram destaque.


No encerramento do Festival Sabir foram levantados pontos relevantes sobre a importância de uma construção coletiva entre sociedade civil e poder público para garantia dos direitos das pessoas migrantes, assim como especial atenção ao acolhimento dessas pessoas, tendo em conta os movimentos de privatização que estão ocorrendo nessa esfera. Também foram apontados como preocupantes os movimentos de criminalização das migrações e a necessidade de pensar uma solidariedade ativa.

26 visualizações0 comentário